Bem-vindo/a ao blog da coleção de História nota 10 no PNLD-2008 e Prêmio Jabuti 2008.

Bem-vindos, professores!
Este é o nosso espaço para promover o diálogo entre as autoras da coleção HISTÓRIA EM PROJETOS e os professores que apostam no nosso trabalho.
É também um espaço reservado para a expressão dos professores que desejam publicizar suas produções e projetos desenvolvidos em sala de aula.
Clique aqui, conheça nossos objetivos e saiba como contribuir.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Museu Exploratório de Ciências organiza Olimpíada Nacional de História do Brasil

Atualização 21/08/2009:
A pedidos da organização, o link correto da notícia destacada a seguir é este

Houve também mudanças de datas:

01 de agosto a 15 de setembro – inscrições e pagamento dos boletos

21 de setembro a 26 de setembro – primeira fase

28 de setembro a 03 de outubro – segunda fase

05 de outubro a 10 de outubro – terceira fase

12 de outubro a 17 de outubro – quarta fase

19 de outubro a 24 de outubro – quinta fase

15 de novembro – Divulgação do nome das equipes selecionadas para a fase final presencial. Divulgação do nome das cinco equipes de escola pública cuja vinda para a fase final será financiada pelos organizadores.

20 de novembro – prazo final para a confirmação online de interesse de todas as equipes convocadas em participarem da grande final presencial.
No caso da não-confirmação de interesse, as equipes seguintes na pontuação serão convocadas.

03 de dezembro – recepção das equipes participantes

04 e 05 de dezembro – fase final presencial e cerimônia de premiação (Museu Exploratório de Ciências – Unicamp)

[20/7/2009] O Museu Exploratório de Ciências (MC) da Unicamp recebe, a partir 1 de agosto, inscrições para a 1ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB). Será a primeira no país na área das ciências humanas. Composta por cinco fases on line e uma presencial, a competição envolverá professores e alunos na resolução dos problemas propostos. O formulário de inscrição e o boleto para pagamento estão disponíveis no sítio do MC até 1 de setembro. A taxa de inscrição é de 15 reais para as equipes de escolas públicas e 35 reais para as equipes das escolas particulares. O valor da inscrição corresponde à inscrição de toda a equipe.

Poderão participar estudantes que estejam regularmente matriculados, no oitavo e nono anos (antigas sétima e oitava séries) do ensino fundamental, e demais séries do ensino médio, de escolas públicas e privadas de todo o Brasil. Para orientar a equipe, composta de até três estudantes, será obrigatória a participação de um professor de história. Os estudantes podem constituir equipes com colegas da mesma série ou de séries distintas, de acordo com o seu critério. O mesmo professor poderá orientar mais de um grupo. No entanto, um aluno poderá participar de apenas uma equipe.

Assim que for efetuada a inscrição, os participantes receberão login e senha para participar das cinco fases on line. Em cada fase, alunos e professores precisarão responder às questões de múltipla escolha e realizar tarefas determinadas. As fases on line, com duração de seis dias cada, poderão ser impressas para facilitar o trabalho dos jovens historiadores. “É preciso tempo. Não é uma ou duas horas. As equipes precisarão de tempo para refletir”, argumenta a Historiadora Iara Lis Franco Schiavinatto, docente do curso de Pós-graduação em História e Artes da Unicamp. “O conhecimento na área de humanas tem que ter um pouco de contemplação”, complementa a historiadora e diretora associada do MC, Cristina Meneguello.

A página da ONHB oferecerá documentos, textos e sugestões de leitura para auxiliar na resolução das questões. Mas não pense que será fácil! “A gente privilegiou a leitura de documentos. Ao invés do texto pronto, a equipe fará de certa forma o que os historiadores fizeram para chegar a um determinado estudo. A intenção é que os estudantes percebam que sobre um mesmo tema podemos realizar abordagens diferentes”, explica Cristina. A seleção das equipes classificadas para a fase seguinte será dada de acordo com a pontuação conseguida até aquele momento. A soma de cada fase é cumulativa para a classificação final.

As fases 1 e 2 serão constituídas de 10 questões de múltipla escolha, mais uma tarefa. Nas fases 3 e 4 haverá 20 questões de múltipla escolha, mais uma tarefa. A fase 5 terá apenas uma tarefa. A fase 6, presencial, acontece na Unicamp, nos dias 14 e 15 de novembro, envolvendo questões e vários desafios, que serão elaborados no decorrer da competição. Para participar da final, o MC custeará a vinda de uma equipe de escola pública, de cada região do país (Norte, Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste), que tiver alcançado a maior pontuação até a quinta fase da competição. Na primeira fase, 90% das equipes participantes são aprovadas. Nas segunda, terceira e quarta, 70%. Na quinta fase a Organização espera selecionar, no máximo, 300 equipes.

Lidar com heterogêneos é uma das principais metas dos Organizadores da 1ª Olimpíada em História do Brasil. Buscando integrar as cinco regiões do Brasil, a Olimpíada trabalhará com sete grandes eixos temáticos: cidadania, trabalho, colonização, sociedade, urbanização, territorialidade e industrialização. Com esses temas, toda a história do país pode ser contemplada, considerando-se, contudo, abordagens diferenciadas, de acordo com cada região brasileira. O filósofo e historiador José Alves de Freitas Neto, coordenador do Curso de Graduação em História da Unicamp, explica, no entanto, que não se trata, apenas, do entendimento diferenciado de um mesmo fato histórico em cada estado. “Estamos falando da atenção que todas as regiões dedicam a sua própria história, dentro de um processo mais amplo”, explicou.

A ONHB premiará escolas, alunos e professores considerando, exclusivamente, o resultado das provas da fase 6. Os alunos ganharão medalhas de ouro, prata e bronze. Os professores receberão placa de homenagem e certificado e a escola receberá doação para o acervo da biblioteca e a assinatura da Revista História da Biblioteca Nacional por um ano. As equipes eliminadas nas fases on line receberão certificados de participação. Mas não é só isso. A Olimpíada é uma forma de aprendizado tanto para os alunos, quanto para os professores. “Ela também é um recurso didático”, lembra a Historiadora da Unicamp, Eliane Moura Silva, responsável pela elaboração de conteúdos educacionais didáticos para o Estado de São Paulo. A competição possibilita, de acordo com o historiador José Alves, que o professor utilize o conteúdo da Olimpíada em turnos e séries diferenciadas. “Compõe um eixo curricular importante na formação dos estudantes”, acrescenta Alves.

A 1ª Olimpíada Nacional em História do Brasil é uma iniciativa do Museu Exploratório de Ciências da Unicamp. O evento é patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e conta com o apoio da Revista de História da Biblioteca Nacional.

CALENDÁRIO
Inscrições - 1/8 a 1/9
Fase 1 - 7 a 12/9
Fase 2 - 14 a 19/9
Fase 3 - 21 a 26/9
Fase 4 - 28/9 a 3/10
Fase 5 - 5 a 10/10
Divulgação/Fase Final - 15/10
Confirmação/Fase Final - 20/10
Recepção - 13/10
Fase 6 - 14 a 15/11

2 comentários:

VOID disse...

Ola,

sou do Museu de Ciências da Unicamp, que está realizando a Olimpiada de Historia, solicito por favor que corrijam o link para o evento na noticia
http://www.mc.unicamp.br/1-olimpiada/inicio/

muito obrigado
Andre Garcia
MC - Unicamp

VOID disse...

Alem disso, peco corrigir as datas, que foram alteradas. Muito obrigado
01 de agosto a 15 de setembro – inscrições e pagamento dos boletos

21 de setembro a 26 de setembro – primeira fase

28 de setembro a 03 de outubro – segunda fase

05 de outubro a 10 de outubro – terceira fase

12 de outubro a 17 de outubro – quarta fase

19 de outubro a 24 de outubro – quinta fase

15 de novembro – Divulgação do nome das equipes selecionadas para a fase final presencial. Divulgação do nome das cinco equipes de escola pública cuja vinda para a fase final será financiada pelos organizadores.

20 de novembro – prazo final para a confirmação online de interesse de todas as equipes convocadas em participarem da grande final presencial.
No caso da não-confirmação de interesse, as equipes seguintes na pontuação serão convocadas.

03 de dezembro – recepção das equipes participantes

04 e 05 de dezembro – fase final presencial e cerimônia de premiação (Museu Exploratório de Ciências – Unicamp)