Bem-vindo/a ao blog da coleção de História nota 10 no PNLD-2008 e Prêmio Jabuti 2008.

Bem-vindos, professores!
Este é o nosso espaço para promover o diálogo entre as autoras da coleção HISTÓRIA EM PROJETOS e os professores que apostam no nosso trabalho.
É também um espaço reservado para a expressão dos professores que desejam publicizar suas produções e projetos desenvolvidos em sala de aula.
Clique aqui, conheça nossos objetivos e saiba como contribuir.

sábado, 1 de agosto de 2009

Medo e temor, por Leandro Karnal

A crença em um ser superior pode gerar paz de espírito ou pode trazer medo. A Bíblia fala de dois patriarcas da fé: o Deus de Abraão é próximo e afetuoso; o Deus de Moisés lança raios e punições. Na origem da nossa cultura conhecemos um deus consolador e um deus terrível. Amor ou medo? Qual o principal motivo que leva as pessoas para a religião?

O historiador Leandro Karnal explica como essa natureza dupla da crença se reflete nos dias de hoje. Amor e Temor na experiência religiosa é o tema deste Café Filosófico.
Clique no link para ter acesso a uma excelente palestra do bem-humorado professor Karnal que criará paráfrases como: "O senhor é meu provedor de banda larga e ele nunca cairá!"
Íntegra: Medo e temor - Leandro Karnal

3 comentários:

NARA disse...

Minha surpresa foi enorme quando assiti o programa que tartava deste tema, estou curiosa para entender mais sobre o tema, gostaria de poder ler sobre o assunto e me aprofundar entendendo o tema, por que consequir entender que o tal "Deus" sempre foi fruto do medo umano, eu tinha minhas duvidas quanto ao "Deus" agora depois de ver o Dr Leandro falar, tenho certesa que o medo é que faz o homem acreditar, pesso que me indiquem um livro do Dr.Leandro, encantou-me a palestra.

é disse...

Cara Nara, professor Leandro Karnal informa que "o clássico seria o livro de Kierkegaard sobre o tema, mas é difícil. ]desse modo ele lhe rRecomendaria começar por Uma Hitória de Deus, da Karen Armstrong" (Leandro karnal, resposta enviada por mail).

Grande abraço
Conceição Oliveira

zelia disse...

Hoje mais do q em outras épocas a religião enfim encontra seu legado, ela faz parte do curriculo histórico de cd indivíduo, antes no alto (céu) e os homens ainda descobrindo a terra, a religião pairava sobre nossas cabeças como o bem o mal, um Deus sentado num trono como no antigo testamento, uma divindade q expulsa o homem do paraíso, e o abandona á própria sorte, e passam aser criaturas hostis pois pecaram e o pior continuam pecando, pois seus filhos Caim e Abel cometem o primeiro assassinato, Caim mata Abel, muito comentado igualmente como hoje, o horror o absurdo a primeira família q desobedece o seu Deus, inaugura o primeiro crime, e do alto um Jesus pregado na cruz, e nós ainda olhando pro alto continuamos a sacrificar o nosso criador, porem no novo testamento, o criador nos perdoa e pouco a pouco a religião (re-ligar) incia a sua história concreta, nós agora seres unidos com o sagrado e perdoados, cada um faz suas escolhas"..O cristianismo histórico adia para além da história a cura do mal e do assassinato, q, no entanto, são sofridos na história." (Albert Camus); portanto, a relegião esta em pauta, ela é disciplina é história concreta, desceu á terra, criador e criatura questionam o longo caminho da salvação, q é desvendar o amor pelo próximo. Josélia Florencio Cossina....Obrigada Leandro Karnal, vc como professor (excelencia) ensina a aprender apreciar o gosto pelo saber........